terça-feira, 1 de novembro de 2011

Última etapa do Sonora Brasil traz Quarteto Colonial à Paraíba

Nenhum comentário:


A música sacra brasileira de concerto é o destaque da última etapa do projeto Sonora Brasil, que traz à Paraíba o grupo carioca Quarteto Colonial. Com um repertório que envolve várias composições de diversos autores marcantes na música sacra, as apresentações acontecem às 20 horas dos dias 6 de novembro, no Cine Teatro do Sesc Centro Campina Grande, e 7 de novembro, no Teatro Ednaldo do Egypto, em João Pessoa. As apresentações, tanto em Campina Grande quanto em João Pessoa, são gratuitas.

O grupo carioca Quarteto Colonial apresenta o melhor da música sacra brasileira em Campina  Grande e João Pessoa. Foto/Divulgação. 
O Quarteto Colonial é formado por Doriana Mendes, Daniela Mesquita, Geilson Santos e Luiz Kleber Queiroz. O grupo parte da obra do Padre José Maurício Nunes Garcia (1767 – 1830), que foi mestre de capela da Sé do Rio de Janeiro e, posteriormente, da Capela Real, e passa por compositores de vários períodos até chegar à atualidade. O repertório inclui ladainha, réquiem, procissão, Ave Maria e outras manifestações de autores como Heitor Villa-Lobos, João Guilherme Ripper, Lobo de Mesquita, Alexandre Schubert e outros.

Em todos os períodos da história da música ocidental encontramos exemplos de repertório composto para a função religiosa ou para concertos a partir das referências dessa música funcional. Palestrina, Monteverdi, Vivaldi, Bach, Mozart, Gounod, Penderecki e tantos outros podem ser citados como exemplos em âmbito mundial. No Brasil, Lobo de Mesquita, Padre José Maurício Nunes Garcia, Camargo Guarniere, João Guilherme Ripper, Ernani Aguiar e Almeida Prado são destaques.

Em 2011, na Paraíba, o Sonora Brasil traz o tema Sagrados Mistérios: Vozes do Brasil, e apresenta repertório da música vocal presente nas festividades populares em devoção às entidades religiosas. O projeto já trouxe ao estado as Caixeiras do Divino (Maranhão), a Marujada de São Benedito de Bragança (Pará), a Banda de Congo Panela de Barro (Espírito Santo) e encerra o ano com a apresentação do Quarteto Colonial, do Rio de Janeiro, representando a música de concerto.

Foto/Divulgação.
O projeto Sonora Brasil busca despertar no público um olhar crítico sobre a produção e sobre os mecanismos de difusão de música no país, incentivando novas práticas e novos hábitos de apreciação musical. Promovendo apresentações de caráter essencialmente acústico, que valorizam a pureza do som e a qualidade das obras e de seus intérpretes, consolida-se como o maior projeto de circulação musical do país: em 2011, serão 420 concertos em 110 cidades de todo o Brasil.

Mais informações sobre as apresentações podem ser obtidas pelos telefones (83) 3208-3158, em João Pessoa, ou (83) 3341-5800, em Campina Grande. O Sesc Centro Campina Grande está localizado na Rua Giló Guedes, 650, Santo Antônio, e o Teatro Ednaldo do Egypto fica na rua Maria Rosa, 284, em Manaíra.

terça-feira, 25 de outubro de 2011

Sesc realiza Mostra de Cinema Infantil neste fim de semana

Nenhum comentário:



Clique na imagem para visualizar em tamanho maior a programação completa

Durante os dias 29 e 30 de outubro, o Sesc Paraíba realiza a Mostra de Cinema Infantil no Sesc Centro em Campina Grande, com uma série de curtas-metragens que abordarão temas como folclore, amizade, cultura e fraternidade. As sessões acontecem no Cine-Teatro da unidade e serão exibidas no horário da manhã, a partir das 10 horas, e no período da tarde, a partir das 16 horas. A entrada é gratuita.


No sábado, dia 29, serão exibidos 10 curtas-metragens. De produções consagradas, como Sweet Carolyne, à desenhos marcantes, a exemplo do Sapo Xulé e Calango Lengo. Já no domingo, 30, encerrando a mostra, serão apresentados nove curtas-metragens. Esportes, desenhos, cultura nordestina e indígena serão alguns dos temas abordados nos filmes exibidos. Lembrando que os filmes exibidos pela manhã, serão reapresentados a tarde.



A Mostra de Cinema Infantil tem como objetivo direcionar os espectadores ao universo mágico da infância, além de proporcionar o enriquecimento através de obras que remetem às lendas de nossas culturas. O evento é uma realização do Sesc Paraíba em parceria com o Departamento Nacional. Mais informações podem ser obtidas através do telefone (83) 3341-5800.


Continue lendo para conferir a programação completa.

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Vincent Price é tema da Mostra de Cinema no Sesc Centro Campina Grande

4 comentários:


Um dos principais atores do gênero de terror, Vincent Price, é o tema da Mostra de Cinema que será realizada pelo Sesc Paraíba de 24 a 28 de outubro em Campina Grande. Serão cinco filmes do legendário ator norte-americano, que aterrorizou plateias do mundo inteiro durante quatro décadas, com sua voz soturna e seus personagens macabros. As sessões acontecem no Cine Teatro do Sesc Centro e terão início a partir das 19 horas. A entrada é gratuita.

Os filmes exibidos mostrarão a principal fase de Vincent Price entre as décadas de 1960 e 1970, período no qual atuou com outras lendas do cinema de horror como Boris Karloff (o famoso Frankenstein) e participou de várias adaptações de obras clássicas de Edgar Allan Poe. Sua carreira se estendeu durante os anos 80 fazendo narrações para séries de terror. Mas Price não ficou restrito ao cinema. Na música, sua marcante voz está no clipe de Michael Jackson, Thriller, e durante a turnê de Alice Cooper, The Strange Case. A voz de Price é quem introduz o músico conhecido pela sua mistura de horror e teatro no rock.

Nos anos 1990, Price ainda apareceu em episódios de Os Simpsons e em filmes de Tim Burton (cineasta que o homenageou quando iniciou sua carreira como diretor com o curta-metragem Vincent).

A Mostra de Cinema Vincent Price tem início dia 24 com a exibição de A Queda da Casa de Usher (1960), clássico do suspense, com direção de Roger Corman. Este filme foi o seu primeiro grande sucesso e deu início à dobradinha Price-Corman com uma sequência de oito filmes, todos baseados nas obras de Edgar Allan Poe.

Na terça-feira, 25, será exibido O Corvo (1963). Livremente adaptado do poema homônimo de Poe, no qual Vincent Price contracena com Boris Karloff,  novamente com direção de Roger Corman. No filme, dois bruxos duelam pela supremacia na arte da magia.

Dia 26, é a vez de O Abominável Dr. Phibes (1971) que apresenta um dos seus personagens mais marcantes, o vingador Dr. Anton Phibes. O personagem vai à procura dos nove médicos que ele considera responsáveis pela morte de sua amada esposa.

Continuando a mostra, quinta-feira, 27, será apresentado o filme A Casa dos Maus Espirítos (1959), com direção de William Castle. A história mostra um casal de milionários que convida um grupo de pessoas para uma festa de caça em sua mansão. O convidado que sobreviver, ao final da noite, às provas de vida ou morte ganhará um gordo prêmio em dinheiro.

E para encerrar, sexta-feira, 28, será exibido Muralhas do Pavor (1962), também com direção de Roger Corman e adaptado da obra de Poe. Price interpreta um hipnotizador que prolonga o momento de morte do seu inimigo.

A Mostra de Cinema Vincent Price é uma realização do Sesc Paraíba em parceria com o Departamento Nacional do Sesc. Mais informações podem ser obtidas através do telefone (83) 3341-5800.


Saiba mais no site do Sesc.

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

Conflitos familiares são abordados na última etapa do Palco Giratório em Campina Grande

Nenhum comentário:

O Evangelho Segundo São Mateus / Foto: Divulgação
Encerrando o Palco Giratório 2011, o Sesc Paraíba traz a última etapa do projeto para Campina Grande nesta quarta-feira, 19, apresentando o Grupo Delírio (PR), com O Evangelho Segundo São Mateus. Com início às 20 horas, no Cine-Teatro do Sesc Centro, a entrada é feita mediante a doação de dois quilos de alimentos não-perecíveis.

Adaptado do texto bíblico O Evangelho Segundo São Mateus e do oitavo poema de O Guardador de Rebanhos, de Fernando Pessoa, o espetáculo trata sobre conflitos familiares. Mateus, o filho, foge de casa subitamente. Seus familiares, perplexos com a situação, tentam encontrar o motivo para a repentina fuga. Dialogando abertamente com o público sobre seus temores e desejos, a peça é um exercício de radicalidade dramatúrgica, rompendo com os padrões naturais de interpretação.

O Grupo Delírio já está atuante há quase três décadas no Paraná, onde já foram produzidos mais de vinte e três espetáculos utilizando a palavra como linguagem e comunicação direta com a plateia, indo além da cena teatral. Com texto e direção de Edson Bueno, o espetáculo O Evangelho Segundo São Mateus tem classificação indicativa livre.

O projeto Palco Giratório é realizado pelo Sesc Paraíba em parceria com Departamento Nacional do Sesc. O objetivo dessa iniciativa, criada em 1998, é fazer circular por todo o Brasil espetáculos de teatro, dança e música das mais variadas regiões e estilos. Mais informações podem ser obtidas através do telefone (83) 3341-5800 ou pelo email culturasesccg@gmail.com.

Veja quais espetáculos passaram por Campina Grande este ano clicando aqui

terça-feira, 4 de outubro de 2011

Sonora Brasil traz a "Banda de Congo Panela de Barro" a Campina Grande, João Pessoa e Guarabira

Nenhum comentário:


A tradição oral é mais uma vez o destaque na terceira etapa do Sonora Brasil, realizado pelo Serviço Social do Comércio. Desta vez, o projeto traz à Paraíba a cultura popular capixaba através da Banda de Congo Panela de Barro. As apresentações acontecem nesta sexta, 7, em Campina Grande, sábado, 8, em João Pessoa, e no domingo, 9, estaciona em Guarabira. Em Campina Grande a entrada é feita mediante a doação de dois quilos de alimentos não-perecíveis.

A Banda de Congo Panela de Barro vem à Paraíba mostrar uma das principais festividades do povo capixaba. Foto/Divulgação.
A apresentação integra a edição 2011 do projeto, que traz este ano o tema Sagrados Ministérios: Vozes do Brasil, caracterizado por um repertório vocal presente nas festividades populares em devoção a entidades religiosas em todo o país. O Sonora Brasil é um projeto temático que tem como objetivo desenvolver programações identificadas com o desenvolvimento histórico da música no Brasil.

As bandas de congo estão presentes em várias cidades no litoral do Espírito Santo e são a principal manifestação da tradição oral neste estado, estando relacionadas às festividades de devoção a São Benedito e outros santos. A Banda de Congo Panela de Barro inicia sua festividade no mês de dezembro, quando segue em procissão em direção à mata para a cerimônia da cortada do mastro, que é fincado com a bandeira de São Benedito no dia 25 de dezembro e fica até o domingo de páscoa, quando em nova cerimônia acontece a retirada.

O grupo é formado pelas cantadeiras Ruth Victor, Teresa Barbosa, Emília Ferreira e Maria Conceição, que se apresentam com o Mestre Valdemiro Sales e o percussionista Marcos Pereira. O repertório, que inclui 13 canções de tradição oral e de domínio público, com exceção de São Benedito, composta pelo Mestre Valdemiro Sales, são algumas das músicas entoadas na festividade.

Foto/Divulgação.
Em Campina Grande, a apresentação acontece nesta sexta-feira, 7, no Cine Teatro do Sesc Centro, a partir das 20 horas, e a entrada é feita mediante a entrega de dois quilos de alimento não perecíveis. Em João Pessoa, o grupo se apresenta gratuitamente no Teatro Ednaldo do Egypto no sábado, 8, também às 20 horas. Já em Guarabira, a apresentação, também gratuita, acontece no domingo, 9, às 16 horas, no auditório do Sesc. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (83) 3208-3158 (João Pessoa), (83) 3341-5800 (Campina Grande) ou (83) 3271-1601 (Guarabira).

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

Confira como foi a VIII Mostra Sesc Ariús de Teatro de Rua

Um comentário:


quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Inspiração - Oficina Composição e Improviso

Nenhum comentário:

Durante uma semana foi realizada a oficina de Composição e Improviso, ministrada pelo músico Jorge Ribbas, que tinha como meta ao final do curso desenvolver uma música com o que foi ensinado na oficina. O resultado final foi a canção “Inspiração”, com letras e arranjos feita pelos próprios alunos.

Confira abaixo como ficou:




Inspiração
"Foi buscando Inspiração
Que compus essa canção
Junto ao meu o teu olhar
Sonhos vamos decantar

Vim de longe pra dizer
O que quero aprender
O que penso encontrar
Encontrei no seu olhar

Alguém plantou, nasceu uma flor
Que se abriu e você sorriu

Timbre do meu Coração
Que nos dá inspiração
É um mundo multicor
Natureza de um amor

Alguém plantou
Nasceu uma flor
Que se abriu
E você sorriu"

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Grupo sergipano apresenta Teatro de Rua em Campina dentro do Palco Giratório

Nenhum comentário:

Finalizando a maratona cultural do mês de setembro, o Palco Giratório traz à Campina Grande mais uma etapa do circuito 2011. Na programação, entram em cartaz os espetáculos O Mundo Tá Virado, no dia 28, e Teatro Chamado Cordel, no dia 29, ambos do grupo sergipano Imbuaça. As peças serão encenadas na Praça da Bandeira, a partir das 16 horas.

O Mundo Tá Virado / Foto: Divulgação
O Mundo Tá Virado conta três histórias diferentes, todas girando em torno de um tema: a esperteza. Construindo uma linguagem poética baseado nas rimas, imagens, música e dança, o espetáculo será apresentado ao público livre na Praça da Bandeira, no dia 28, a partir das 16 horas.

Já no dia seguinte, 29, será encenado, também na Praça da Bandeira, o espetáculo Teatro Chamado Cordel, que apresenta o universo fantástico da literatura popular. O texto é baseado na obra do cordelista Rodolfo Coelho. A apresentação acontece a partir das 16 horas, com classificação livre.

Teatro Chamado Cordel / Foto: Divulgação
O Grupo Imbuaça (homenagem ao embolador Mané Imbuaça) foi fundado nos anos 70 na cidade de Aracajú (SE) com o objetivo de montar espetáculos de rua inspirados na cultura popular. Com base nessa experiência, o grupo ministrará no dia 27 a oficina de Teatro de Rua, no horário da manhã (das 8 às 12 horas) e à tarde (das 14 às 18 horas). A oficina abordará os elementos da cultura popular no teatro de rua no desenvolvimento de espetáculos.

O projeto Palco Giratório é realizado pelo  Sesc Paraíba em parceria com Departamento Nacional do Sesc. O objetivo dessa iniciativa, criada em 1998, é fazer circular por todo o país espetáculos de teatro, dança e música das mais variadas regiões e estilos. Mais informações podem ser obtidas através do telefone (83) 3341-5800 ou pelo email culturasesccg@gmail.com


Saiba mais sobre o Palco Giratório.

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

Sesc apresenta Quiprocó e ministra oficina em Campina Grande

Nenhum comentário:


Grupo carioca Moitará apresenta o espetáculo 'Quiprocó'. Foto/Divulgação
Continuando com sua temporada cultural no mês de setembro, o Sesc Paraíba traz a Campina Grande neste sábado, 24, mais uma etapa do Palco Giratório. Desta vez, sobe ao palco o grupo carioca Moitará, que apresentará o espetáculo Quiprocó. A peça acontece no Cine Teatro do Sesc Centro, a partir das 20 horas, e a entrada será feita mediante a doação de dois quilos de alimentos, que serão recebidos no local.

Foto/Divulgação
Quiprocó é um espetáculo lúdico que utiliza os elementos da Commedia dell’Arte para compor um universo cultural brasileiro na criação de personagens típicos da nossa sociedade. Relata a história de três personagens-tipos, cada um tentando saciar desejos e sobreviver num jogo divertido de quiprocós, aonde deflagram conflitos de sentimentos.

O Grupo Moitará foi formado em 1988, desenvolvendo um trabalho sobre o ator tentando compreender os fundamentos básicos de sua arte. Tem nos estudos da Máscara Teatral a base para elaborar sua própria metodologia. Com base nesse estudo, o grupo ministra a oficina de Técnicas de Utilização de Máscara. Com carga horária de 8 horas, a oficina será realizada nos dias 23 (18 às 22 horas) e 24 (das 8 às 12 horas). Para os interessados, a inscrição também custará dois quilos de alimentos não-perecíveis. Todo o alimento arrecadado, tanto da apresentação como da oficina, serão repassados ao Banco de Alimentos do Sesc Paraíba, que distribuirá entre instituições filantrópicas de todo o estado.

O projeto Palco Giratório é realizado pelo Sesc Paraíba em parceria com o Departamento Nacional da instituição. O objetivo da iniciativa, criada em 1998, é fazer circular por todo o país espetáculos de teatro, dança e música das mais variadas regiões e estilos, promovendo um intercâmbio de culturas no que é considerado o maior projeto de circulação teatral do mundo. Mais informações sobre a apresentação podem ser obtidas através do telefone (83) 3341-5800.

terça-feira, 20 de setembro de 2011

Os Destaques do III OverDoze

Nenhum comentário:


True and Hate - TH Costa
Em mais um ano realizado com sucesso, o III OverDoze contou com apresentações e exposições de inúmeros artistas campinenses durante uma maratona cultural que se estendeu durante toda a noite. Ao final de sua programação, o júri formado pelos artistas locais Flávio Guilherme (ator), Nathan Cirino (cineasta) e Júlio César (fotógrafo) divulgaram a lista com os principais destaques do evento.

Com a proposta não de promover a competição, e sim de incentivar a produção cultural, pode-se afirmar sem sobra de dúvida o mérito e a qualidade das produções locais só fazem aumentar a cada ano. E que venham mais overdoses culturais.

Arabesque - Creative Centro de Arte e Cultura (Vencedor na Categoria Dança)

Abaixo seguem os destaques do III OverDoze:

PINTURA - A Parede Vermelha, de John Monteiro.

DESENHO - Augusto, de John Monteiro.

ARTESANATO - Oração, de Sérgio Nascimento.

FOTOGRAFIA - Estela dos Santos.

DANÇA - Arabesque, do Creative-Centro de Arte e Cultura.

POESIA - (A Comissão resolveu não premiar a Poesia, devido a inscrição de somente uma pessoa na categoria)

ESCULTURA - Tudo Encantando, de Daniela Pessuti.

MÚSICA - All Junkies.

DESTAQUE INCENTIVO -  Armazém da Melodia Incompleta.

ATOR - Ramon Zeferino

ATRIZ - Aluska Gomes

ESQUETE - Encontros e Desencontros: A Vida como Ela É, do Emporium de Teatro.

CINEMA - Concreto, de Jaime Guimarães.


Os artistas selecionados devem entrar em contato com o Sesc para mais informações sobre o prêmio. Realizados pelo Sesc Paraíba em parceria com o Departamento Nacional, o III OverDoze, a VIII Mostra Sesc Ariús de Teatro de Rua e o Projeto Palco Giratório percorre várias comunidades da periferia de Campina Grande, promovendo inclusão através da cultura e arte. Mais informações podem ser obtidas através do telefone (83) 3341-5800.